Como Faço Para Trabalhar No Banco? Saiba Tudo O Que Precisa

Muita gente que gosta do mercado financeiro e deseja fazer carreira em alguma instituição me faz a seguinte pergunta: “Tiago, como faço para trabalhar no banco?”. Essa é uma das carreiras mais almejadas e tradicionais no país. Dessa maneira, é comum que as pessoas se planejem por anos para atingir esse objetivo.

Se você não sabe o que é preciso para garantir uma vaga, continue lendo este artigo que eu preparei para te ajudar!

Como faço para trabalhar no banco?

Segundo uma nota lançada pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) em 2014, o setor bancário, de 2004 até aquele ano, teve um crescimento de 390 mil a 500 mil colaboradores.

Além disso, a organização também revelou que a taxa de rotatividade era de 4,5% — um contraponto aos 50% da média brasileira, enquanto o salário médio passava de R$5 mil.

Outro dado revelado nessa mesma nota foi que os funcionários, geralmente, deixam a instituição depois de 100 meses de trabalho, de modo que é possível crescer na carreira.

“Legal, Tiago, mas então como faço para trabalhar no banco?”. Bom, certamente esses dados chamam atenção e fazem com que muitos considerem a carreira bancária bastante promissora.

Veja o que é preciso saber para trabalhar em bancos:

Conheça os tipos de banco

Em primeiro lugar, é preciso fazer uma divisão entre os tipos de bancos. Isso porque cada modalidade irá oferecer diferentes processos seletivos ou remuneração.

Em geral, as duas categorias principais são:

bancos públicos: é o caso da Caixa Econômica Federal. Dessa forma, seus funcionários são servidores públicos;
bancos privadas: instituições financeiras que partem da iniciativa privada, como o Itaú, Santander, Bradesco, etc.

Um detalhe que é interessante ressaltar é que, no caso dos bancos privados, ainda existem mais duas divisões: a primeira delas é a de varejo, voltado para pessoas físicas; já a segunda trata-se de um segmento para pessoas jurídicas ou físicas de alta renda.

Cargos disponíveis

Qual atividade se enquadra melhor nas suas qualificações? Os principais cargos são:

  • estagiário: voltado para estudantes universitários que desejam começar a trabalhar em bancos;
  • caixa: faz atendimento ao público para realizar operações de transferência, pagamentos, abertura e encerramento de contas, etc;
  • agente comercial: além de fazer atendimento, também, é responsável por buscar novos clientes para o banco;
  • gerente: o principal responsável pela agência, oferecendo suporte aos clientes e resolvendo questões desafiadoras.

Formação acadêmica

Em bancos públicos, existem alguns cargos de nível médio. Porém, em geral, a maioria das vagas para fazer carreira bancária requer formação em uma universidade.

Aliás, os cursos que costumam oferecer maiores chances aos candidatos são os de Administração, Ciências Contábeis ou Economia, devido à familiaridade com números. Porém, essa não é uma regra.

Certificado ANBIMA

O Certificado ANBIMA se torna cada vez mais importante para a carreira bancária. Inclusive, mesmo em nível de estagiário é interessante adquirir pelo menos o CPA-10. Assim, o candidato provará conhecimento na área.

Portanto, se você planeja trabalhar no banco, comece a preparar para estudar para a prova e obter sua certificação, ok?

Como trabalhar em bancos públicos?

Assim como outras categorias de empresas públicas, para ingressar em bancos dessa modalidade é preciso fazer um concurso.

E o processo funciona da mesma forma como qualquer outro: a instituição deve lançar um edital e publicá-lo no Diário Oficial, junto às regras de participação (se é de nível superior ou médio, por exemplo), datas para inscrição, etc.

Os candidatos que obtiverem melhor rendimento na prova irão passar para fase de entrevistas com a equipe do banco. Uma vez que aprovados em todas essas etapas, preencherão as vagas de acordo com a quantidade ofertada.

Como trabalhar em bancos privados?

Caso haja necessidade, a instituição irá anunciar vagas da mesma maneira que outras empresas privadas fazem. Porém, a forma mais comum de entrar e fazer carreira em um banco é por meio de um programa de trainee.

Essa modalidade de processo seletivo é capaz de reunir milhares de interessados, e tem como objetivo fazer a captação de jovens profissionais que estão terminando ou acabaram de se formar na universidade. Ou seja: é um incentivo para encontrar novos talentos.

É bastante atrativo, já que além da possibilidade de entrar em um grande banco, o salário também chama bastante atenção: nas principais instituições, os selecionados ganharão por mês pelo menos R$5 mil, além dos bônus. Nada mal, não é mesmo?

Entretanto, é importante ressaltar que o programa de trainee é extremamente disputado. Portanto, é preciso se preparar bastante. Há casos em que os que são fluentes em mais de um idioma e têm pós-graduação acabam sendo favorecidos.

Agora, sempre que você perguntar “como eu faço para trabalhar no banco?”, você pode verificar as informações nesse post. Continue lendo blog da T2 Educação para mais dicas sobre o mercado financeiro!

5 1 vote
Article Rating
0
Tiago Feitosa

Tiago Feitosa

Graduado em Matemática, pós graduado em negócios bancários pela FAAP e pós graduando em Escola Austríaca de Economia. Possui certificação CEA e AAI. Se dedica a ajudar cada vez mais pessoas a se capacitarem profissionalmente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook

Deixe um Comentário:

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Você também pode se interessar por: