Como Calcular Juros Compostos Na HP 12C?

Você sabe como calcular juros compostos na HP12C? Isso é essencial para algumas das provas de certificação da ANBIMA. Então, quanto melhor você dominar a calculadora e a fórmula, mais rápido você vai conseguir resolver as questões. Por isso, para te ajudar, hoje eu trouxe algumas dicas para você fazer esse cálculo de um jeito mais rápido. Pega a sua calculadora e confira aí!

O que são juros?

Antes de te explicar como usar a calculadora HP12C para calcular juros compostos, acho que vale a pena a gente dar uma revisada no básico do assunto, não é? Só para você relembrar o conceito: o “juro” é referente ao valor do dinheiro com o tempo. Em outras palavras, é o preço que se paga para usar um capital que foi emprestado por um período. Normalmente, ele é expresso de forma diária, mensal, trimestral, semestral ou anual.  Você também deve lembrar que existe mais de um tipo de juro, certo? Mas você sabe exatamente a diferença entre eles?

Juros simples e Juros compostos: diferenças 

O juro simples incide somente sobre o valor inicial. Ou seja, em um exemplo bem bobo, caso você tenha emprestado R$ 10 com juros simples de 10% ao dia, depois de três dias, você deve receber R$ 13. Isso porque a porcentagem não é cumulativa.  O juro composto, por sua vez, é referente ao valor que vai sendo acrescentado ao final de cada período, somado aos juros que já incidiram. É como se a porcentagem fosse cobrada em cima de um valor que já contém juros. Ficou complicado? Vamos voltar para o exemplo anterior, ok? Você emprestou os mesmos R$ 10 sobre as mesmas condições, mas, agora, cobrando juros compostos. Nesse caso, funcionaria assim:
  • 1º dia: R$ 10 + 10% = R$ 11
  • 2º dia: R$ 11 + 10% = R$ 12,10
  • 3º dia: R$ 12,10 + 10% = R$ 13,31
Deu para entender melhor? É por este motivo que o juro composto também é chamado de “juros sobre juros”. Ele é utilizado para projetar a rentabilidade de investimentos.  Para que você não precise fazer a conta como eu fiz ali em cima, um por um, existe uma fórmula bem simples. 

Fórmula de juros compostos

O cálculo de juros compostos é feito a partir do valor inicial multiplicado pela taxa percentual de maneira exponencial, desse jeito aqui:

FV = PV x ( 1 + i ) ^ n

Onde:
  • FV: valor Futuro
  • PV: valor Presente
  • i: taxa de Juros
  • n: número de Períodos
Então, na situação que estamos utilizando de exemplo, seria assim:

FV = R$ 10 x (1 + 0,10)  ^ 3

Na hora da sua prova, contudo, é muito mais rápido que você utilize a calculadora para fazer essa conta. Além disso, você vai ter muito mais certeza do resultado, não é? Veja a seguir como calcular juros compostos na HP 12C.

Como calcular juros compostos na HP 12C?

Antes de mais nada, é preciso que a gente relembre como fazer cálculos na HP 12C. A ordem das inserções de números, funções e comandos é diferente, lembra? Primeiro você aperta o valor e só depois a operação.  Dessa forma, para calcular juros compostos na HP 12C, você deve fazer o seguinte passo a passo:
  1. digite o valor inicial (PV) e, em seguida, aperte a tecla “CHS” (que vai negativar o número, representando que ele saiu do caixa) e, depois, clique na tecla “PV”;
  2. insira o período de aplicação e aperte a tecla “n”;
  3. coloque o valor inteiro da taxa de juros e aperte a tecla “i”;
  4. por fim, aperte “FV” e tenha o resultado final. 
Esse método funciona em qualquer exercício que exija a fórmula de juros compostos na HP12C, beleza? Basta substituir os valores de acordo com o que você encontra ou não no exercício. Como para entender qualquer coisa na Matemática Financeira é preciso treinar, vamos para algumas atividades práticas?

Cálculo de juros compostos na HP 12 C — Exemplo 1 

Você investiu R$ 1.300,00 em uma aplicação com taxa de juros compostos de 1,5% ao mês durante oito meses e vai resgatar agora. De quanto será o seu resgate? Bom, a ideia aqui é que temos:
  • PV = 1.300
  • n = 8
  • i = 1,5
  • FV = ?
Certo? Agora na prática: Em sua calculadora, após apagar toda a memória (tecla f, depois CLX), você vai digitar:
  • 1300, apertar CHS e depois PV;
  • 1.5, apertar i;
  • 8, apertar n;
  • depois disso, é só apertar a tecla FV e o resultado será mostrado na tela. Nesse caso será R$ 1.464,44.

Cálculo de juros compostos na HP 12 C — Exemplo 2 

Você investiu R$ 2.000,00 com taxa de 1,5% a.m. Quanto tempo levará para que você atinja o valor de R$ 2.950,00? Aqui, temos:
  • PV = 2.000
  • n = ?
  • i = 1.5
  • FV = 2.950
Na prática, vamos fazer:
  • 2000, aperta CHS e depois PV;
  • 2950, aperta FV;
  • 1.5, aperta i.
Como o que queremos saber, então, é o tempo (n), é só apertar a tecla correspondente na calculadora. Nesse exemplo o resultado é 27. Curtiu as dicas? Gostou de aprender mais sobre o funcionamento da calculadora financeira? Na T2 Educação, nós temos um curso livre de Matemática Financeira com HP-12C. Saiba mais!

Compartilhe!

guest
1 Comentário
Matheus Maia
Matheus Maia
3

Ótimo artigo, me ajudou demais!

Tá tão bem detalhado que eu consegui entender o raciocínio lógico da calculadora, e apenas com o “Exemplo 1”, já consegui deduzir como trazer qualquer valor que eu queira.

Basicamente, insiro o valor de x e coloco por exemplo, que ele é o PV.
Depois, colo o FV, e o n por exemplo.

Com todos esses lementos, ao clicar no “i”, ele vai me trazer a taxa de juros que esse investimento teve.

E assim serve pra qualquer elemento que falte na equação, obrigado!

Você também pode se interessar por

COMPARTILHE!

Acesso Rápido