Como montar um CV com o selo ANBIMA

A ANBIMA criou um selo de certificação próprio para os profissionais certificados usarem no currículo, mídias sociais, cartões de visita, displays de mesa e assinaturas de e-mail.

Neste post, focaremos no uso do selo ANBIMA em currículos. Além disso, ajudaremos você a montar um bom CV para se destacar no mercado financeiro.  Vamos lá?

Quem pode usar o selo ANBIMA

Antes, apenas profissionais que foram aprovados nas provas da ANBIMA e têm vínculo com instituições financeiras podem usar o selo da certificação. Mas a partir de 2019 todos os profissionais certificados podem usar os selos, independentemente de ter vínculo ou não. 

Assim, se você já passou na prova e quer destacar sua certificação no CV, siga as orientações da própria instituição.

Os quatro selos

Cada certificação possui seu próprio selo. Portanto, escolha o que te representa: CPA-10, CPA-20, CEA ou CGA.

Os novos selos ganharam cores para diferenciar as certificações. E, cá entre nós, eles ficaram lindos!

Novos Selos - T2 Educação
Cores pro seu CV ficar ainda mais lindo hahaha.

A ANBIMA também possui uma versão positiva e negativa de cada selo. Abaixo, você vê a comparação dos dois, usando o selo da CPA-10 como exemplo.

Novos Selos Versoes - T2 Educação

 

Regras de uso

Separamos duas regras importantes para você levar em consideração quando montar seu CV.

A primeira delas alerta sobre a área de não interferência do selo. A área de não interferência são pequenos espaços nas extremidades do selo que devem ser respeitados. Isso ajuda na leitura do CV (além de deixar tudo mais bonito, esteticamente falando).

A área de não interferência deve seguir o seguinte exemplo, onde h é a altura do selo e h/6 é essa altura divida por 6.

Novos Selos Interferencia - T2 Educação
A área de não-interferência do selo ANBIMA.

A segunda regra que destacaremos é sobre a utilização do selo em fundos coloridos. Acredite, um CV é levado mais a sério quando tem fundo branco. Mas se você gosta de fundos coloridos, a dica da ANBIMA é a seguinte:

Novos Selos Fundos Coloridos - T2 Educação

Como você pode ver, a versão cinza preferencial do selo não fica boa em fundo colorido. Logo, a ANBIMA sugere o uso da versão monocromática negativa (ou ‘branca’, muito mais fácil de lembrar).

Dicas para montar seu CV

Agora que você já sabe os principais detalhes do selo ANBIMA, vamos ver como colocá-lo na prática no seu CV.

O exemplo dado pela instituição usa o selo no canto superior direito do currículo:

Novos Selos Modelo Cv - T2 Educação
Currículo com selo ANBIMA no canto superior direito.

Perceba que, ao respeitar a área de não-interferência, o currículo destaca o selo ANBIMA no documento. Seu nome é a certificação ganham peso na ordem das informações.

O que colocar no CV se você não tiver experiência

Sabemos que muita gente está apenas começando no mercado financeiro. Significa basicamente que você não tem o que falar sobre experiências anteriores.

E isso não é ruim, sabia?

O mercado financeiro busca pessoas jovens e “cruas” para serem ensinadas e transformadas em profissionais de respeito. Com a certificação mais básica de todas, você já consegue se destacar. O selo da CPA-10 provavelmente será a porta de entrada para o seu primeiro emprego.

Mas só o selo não resolve. Quando não temos experiência, devemos focar nas nossas habilidades. Foque seu currículo nas suas qualidades pessoais, algo que pode contribuir no ambiente de trabalho. É importante ter sinceridade: se você gosta muito de trabalhar em equipe, coloque isso. Se não gosta, foque em outra habilidade. O importante é destacar suas qualidades verdadeiras.

Coisas como ‘organizado’ e ‘perfeccionista’ estão fora de questão. Afinal, todos devemos ter organização e vontade de fazer as coisas do jeito certo no trabalho. Não sou o dono da verdade, mas seria mais legal colocar que você gosta de desafios e de aprender coisas novas do que falar “sou muito perfeccionista, sabe?”.

O que não pode faltar

Comece o CV com uma foto sua, se possível tirada com uma máquina profissional. Isso mostra que você é confiante e que não tem medo de mostrar a cara. Obviamente, prossiga com seu nome completo e idade.

Eu costumo separar o “grosso” do meu currículo da seguinte maneira:

  • Experiências (só se você tiver, claro);
  • Formação (em qual escola, técnico ou faculdade você se formou);
  • Habilidades (específicas, se você tiver experiência, ou pessoais, como trabalho em equipe, liderança, persuasão, boa comunicação);
  • Ferramentas (como Word, Power Point e Excel);
  • Idiomas (nunca coloque o português como idioma. Foque nos estrangeiros, caso você tenha proficiência em algum nível da língua).

Finalize seu currículo com seus contatos e endereço completo. Um telefone celular e um e-mail que você esteja sempre usando são muito importantes. As empresas podem entrar em contato a qualquer momento, e você precisa estar disponível.

Depois disso, é aproveitar a oportunidade que aparecer. 😉

Baixe nosso modelo de currículo

Se você não consegue montar um currículo em casa, não se preocupe. Sabemos que é difícil sem um programa como Photoshop ou uma versão mais nova do Word.

Por isso, nós preparamos dois modelos de CV editáveis para você baixar e alterar com suas informações. Você pode editar o modelo escolhido no Google Docs online ou baixar e usar no Word, no seu computador.

Para baixar o Modelo 1 do Currículo, clique aqui.

Para baixar o Modelo 2 do Currículo, clique aqui.


Leia o guia completo de uso do selo de certificação

Este post foi criado com base em alguns dos itens mais importantes da ANBIMA para currículo. Porém, é bom que você leia o guia completo para usar o selo da maneira correta nos mais diversos materiais.

Clique aqui e leia o material completo para usar o selo da sua certificação.

Espero que nossas dicas ajudem você a melhorar ainda mais seu currículo. E, claro, conseguir aquela vaga de emprego ou promoção que nossos alunos merecem.

Até mais!

4+

Compartilhar este post:

Deixe o seu comentário!