Como Ter Disciplina Para Estudar: 6 Dicas Infalíveis

Você considera que tem aquele perfil “fogo de palha” e, por isso, não sabe como ter disciplina para estudar? A palha é um material que queima com muita intensidade, mas não dura mais do que alguns minutos. Você se sente assim com os seus estudos? Começa muito empolgado, mas rapidamente perde o entusiasmo, principalmente quando os resultados não aparecem da noite para o dia? Será que isso é normal?  Com a minha experiência, posso dizer que a maioria das pessoas é assim. Mas, felizmente, a partir da mudança de alguns hábitos, é possível transformar esse comportamento. 

6 dicas de como ter disciplina para estudar 

Se você quer saber como ter disciplina para estudar, precisa entender, primeiro, que essa é uma atividade que exige paciência e organização. Todas as dicas que vou te dar a seguir começam nessas duas virtudes que todo estudante necessita exercitar. 

1. Administre o seu tempo

A primeira dica para você, que quer saber como ter disciplina para estudar, é: faça uma rotina de estudos. Separe horários no seu dia para se dedicar às leituras, aulas e exercícios. Mas atenção: organize as suas horas dentro de uma estimativa real, ok? Nada de sair planejando estudar mais de oito horas por dia se você também tem outras obrigações que não lhe dão esse tempo.  É muito relativo e pessoal definir quantas horas por dia estudar para tirar certificação financeira. Isso depende da sua rotina. 

2. Evite distrações 

Quando você está estudando, o ideal é que você coloque toda a sua energia e atenção no conteúdo que está aprendendo. Não divida a sua concentração.  Por isso, se desfaça de tudo aquilo que possa te distrair durante os horários de estudos. Avise também aos seus familiares e amigos para não te incomodarem nesse momento, a menos que seja uma urgência. 

3. Estabeleça metas diárias

Às vezes é difícil olhar para o tanto de conteúdo que você tem de estudar e pensar que não sabe por onde começar. Uma tática que ajuda nessas horas é desmembrar essas matérias em partes menores, criando metas “mais fáceis” de bater. Dessa forma, você consegue se sentir estimulado e ainda acompanhar o seu progresso. 

4. Planeje algumas pausas

Ninguém consegue ficar por muitas horas na frente do computador ou do livro — segundo especialistas, o período de plena concentração dura 90 minutos. Mesmo que você faça isso, em algum momento, seu estudo começa a perder a qualidade, porque você está perdendo a atenção. Por este motivo, faça pequenas pausas em seus ciclos de estudo a fim de dar um descanso para o seu cérebro “voltar com tudo”. 

5. Tenha um lugar reservado

O lugar onde você estuda faz muita diferença no seu rendimento. Primeiro, porque não pode ser um ambiente cheio de coisa pra te distrair e, segundo,  deve ser confortável pra você conseguir ficar por bastante tempo. O ideal é que seja bem iluminado, bem ventilado e  calmo. 

6. Mantenha-se motivado

Durante a rotina diária, quando estamos batendo as nossas pequenas metas, não recordamos qual é o objetivo maior. Não se esqueça de que cada passo que você dá diariamente faz parte de uma jornada muito maior e  recompensadora. Lembre-se sempre disso para se sentir estimulado.  Para facilitar a prática dessas dicas, pode ser interessante entender também como eliminar hábitos que podem te atrapalhar a criar disciplina para estudar. Veja quais são os principais. 

O que pode te atrapalhar a criar disciplina para estudar?

Os principais hábitos que podem te atrapalhar a desenvolver disciplina nos estudos estão na sua cabeça. É isso mesmo! Em sua maioria, eles são crenças limitantes engatilhadas pela ansiedade e o medo. 

A prática é difícil quando apenas queremos o resultado final

Você finalmente começou a estudar. Baixou a apostila, acessou a área de aluno do site, assistiu ao vídeo de apresentação do curso. Tudo isso durou meia hora. Passados outros 15 minutos, você precisou sair de casa, ou fazer a janta, ou quem sabe acompanhar aquela série cujo episódio novo acabou de sair. A empolgação era tão grande no começo que você diz pra você mesmo “Eu vou compensar os estudos mais tarde”. Só que esse “mais tarde” nunca chega. Os dias passam, o curso tá parado, e quando você para pra estudar, a sua performance é péssima. O resultado disso: o sentimento de culpa te domina. Você sente que não tem tempo pra nada, que nunca vai conseguir estudar direito, e aquela empolgação de antes vai desaparecer completamente. Em vez de estudar um pouco por dia e manter a disciplina, transformando isso numa prática rotineira, você escolheu empurrar com a barriga. Seu objetivo de estudar com afinco será, a partir deste momento, visto como algo ruim. É isso que você quer?

Tudo na vida que vale a pena ser alcançado exige prática 

Desde criança eu sou um aluno dedicado. Era daquelas crianças bem nerds que sentavam na frente do professor. Primeira fileira mesmo. Isso resultou em notas muito boas e acima da média dos meus coleguinhas. A razão é que eu mantive a prática de sentar, prestar atenção e fazer os exercícios depois da aula para apreender o conteúdo. Sabemos que nosso mundo está corrido, que o dia a dia nos deixa agitados. Mas a hora de estudar precisa ser um momento de paz e concentração. A prática exige uma mente calma. O momento de aprendizado é a hora de tranquilizar a sua cabeça e focar.

Retome o controle dos seus pensamentos

Sim, eu sei que o que passa na sua cabeça pertence só a você. Mas isso não quer dizer que o que se passa NO MOMENTO de praticar o estudo é a coisa certa. Quando você foca no resultado final, na hora da conquista da certificação, você desfoca do momento de estudo. Isso é errado, pois você passa a enxergar todo o processo de aprendizado como um inconveniente. Isso faz com que você não aproveite o momento de prática, de disciplina nos estudos, resultando em falha. Se você não estudar, se não gostar de aprender, sua certificação estará cada vez mais longe.

Faça uma coisa de cada vez 

De novo, a palavra é foco. Não adianta sentar pra estudar e praticar se a sua cabeça está voltada para a louça suja na pia e pro passeio do cachorrinho. O foco deve ser o momento presente. Pensar no depois sem curtir o presente nos deixa ansiosos. E isso, além de atrapalhar o aprendizado, vai gerar ansiedade. Simplesmente pelo fato de você ainda não ter a certificação em mãos. E qual a diferença entre quem estuda gostando daquilo e quem está sofrendo no caminho até o resultado final? Aqui na escola a gente acredita no estudo com calma. Nas duas horas por dia em que você estará totalmente presente no momento de estudar, de corpo e alma. Bem poético mesmo. Porque o resultado final vale mais a pena quando aproveitamos o caminho.  Conheça os cursos preparatórios para certificação financeira da T2 Educação

Compartilhe!

guest
0 Comentários

Você também pode se interessar por

COMPARTILHE!

Acesso Rápido