Diferenças Entre Trader e Agente Autônomo de Investimentos

Meu nobre gafanhoto, se você estuda um pouco o mercado financeiro já deve ter ouvido falar de trader e agente autônomo de investimentos, certo?

Esses dois profissionais estão cada vez mais conhecidos no meio, e hoje ocupam muitos lugares de destaque nas discussões sobre o setor.

O problema é que mesmo sendo “famosos”, muita gente que não manja dos paranauês tanto assim e ainda confunde o que é um trader com um agente autônomo!

Para acabar com isso de vez, hoje eu vou explicar cada um. Confira!

Trader e agente autônomo de investimentos — qual a diferença?

Quando falamos sobre trader e agente autônomo de investimentos, existem muitas diferenças, desde os tipos de aplicação até o modo de operar as transações!

Abaixo, eu vou listar algumas delas para você saber:

Traders não precisam ser certificados

Não importa se você entrega pizza, trabalha em banco ou simplesmente gosta de investir, você pode ser um trader. Isso porque esse tipo de profissional não precisa de uma formação específica nem de certificação, diferentemente de um AAI.

Os traders são os operadores da bolsa, e basicamente passam seu tempo comprando e vendendo ativos, aproveitando as oscilações para ampliar seus ganhos.

É claro que é importante manjar dos paranauês do mercado financeiro, até para operar melhor as compras e vendas, mas isso não é exatamente uma obrigação, entendeu?

Traders só trabalham com renda variável

Enquanto um AAI buscará as melhores opções para seus clientes, a fim de diversificar a carteira deles com ativos de renda fixa ou variável, o trader só opera a bolsa.

Ou seja, só trabalha com renda variável e, na maioria das vezes, com alto risco. Tudo sempre em curto prazo (no máximo duas semanas) e com recursos próprios.

Traders não precisam estar vinculados a corretoras

O AAI precisa estar sempre vinculado a uma corretora ou instituição financeira para trabalhar. O trader não. Muitas vezes ele vai trabalhar em casa mesmo, e de pijama.

É claro que isso não é uma regra. Na verdade, o principal ponto é que um AAI pode ser, sim, um trader. Principalmente para negociar ativos para si mesmo se for um investidor.

Mas um ponto importante aqui!

Você, enquanto trader e agente autônomo de investimentos ao mesmo tempo pode até abrir contas em corretoras diferentes, mas não pode, de jeito nenhum, representar mais de uma corretora! Isso porque pode haver problemas de alinhamento de interesses.

Entendeu um pouco mais sobre as diferenças entre trader e agente autônomo de investimentos? Confira outros artigos no blog da T2 Educação!

1+

Compartilhar este post:

Deixe o seu comentário!