Entenda Como Funciona o Open Banking

O sistema de Open Banking surgiu com o objetivo de oferecer aos clientes mais liberdade e autonomia em relação aos seus dados financeiros.

Neste artigo vou te explicar o que é e como ele funciona. Confere comigo!

O que é o Open Banking

Ele é um sistema que permite a comunicação entre diferentes instituições financeiras que participam do Sistema Financeiro Nacional e possibilita que o cliente tome decisões de compartilhamento dos seus próprios dados. 

Para te explicar melhor, vamos imaginar que você é correntista em um banco X há alguns anos e precisa abrir uma conta em outra instituição financeira. 

Esse novo banco não terá conhecimento do seu histórico, mas, a partir do sistema de Open Banking, você poderá autorizar a sua antiga instituição bancária a transferir seu histórico de dados para a nova.

Com o acesso às suas informações, o novo banco poderá oferecer crédito e investimentos nas mesmas condições que o anterior, por exemplo.

Sendo assim, esse recurso é uma das maiores transformações no sistema bancário brasileiro.

Como funciona o Open Banking?

O compartilhamento de dados dos clientes é feito através da tecnologia de APIs (Application Programming Interface), que conecta duas fontes de dados. 

Para que entenda melhor, eu trouxe outro exemplo bem comum que você provavelmente já vivenciou.

Vamos imaginar que você precisa realizar um cadastro em um site. Para isso, é necessário que insira seu nome e e-mail, por exemplo. Porém, muitos sites também oferecem a opção de preenchimento dessas informações por meio de uma rede social, certo? 

Essa integração é feita por meio de uma API do site que está ligada à API da rede social. Ao receber a sua autorização, o site irá pegar todas as informações necessárias para realizar o cadastro.

No caso do Open Banking, o processo funciona da mesma forma: você autoriza que uma instituição tenha acesso a todo o seu histórico em outras instituições.

E aí, como toda nova transformação, muita gente me pergunta se esse sistema é seguro. E minha resposta é sim. Pode ficar tranquilo, porque suas informações estão bem protegidas.

O Banco Central é o responsável pela regulamentação do sistema, ou seja, todas as instituições participantes deverão, obrigatoriamente, seguir as condições estabelecidas por ele.

Além disso, seus dados são protegidos pela lei de sigilo bancário e pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) que garantem o não compartilhamento dos seus dados com terceiros.

Como vimos, com o Open Banking você tem mais autonomia sobre suas informações, e com isso, surge também a responsabilidade de tomar as melhores decisões e controlar seu dinheiro de forma eficiente. E para te ajudar, nós da T2 Educação temos um curso de economia para não economistas.

Neste curso você vai entender os fatores que influenciam a economia do país e ter uma base de conhecimento sobre o segmento que é fundamental para quem deseja se tornar um profissional no mercado financeiro.

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
guest
0 Comentários

Você também pode se interessar por

COMPARTILHE!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram