Finanças Corporativas — 3 Soft Skills Que Ajudam Na Atuação

As finanças corporativas são parte de uma área administrativa que tem como objetivo fazer a manutenção econômica de uma empresa. Ou seja, é uma atividade essencial para manter qualquer negócio funcionando. Trabalhar nessa área requer muito conhecimento técnico, sim, mas também existem algumas habilidades mais básicas, as soft skills, que são muito úteis para se dar bem nessa profissão. Conheça as principais delas!

Soft skills que ajudam as finanças corporativas

Finanças corporativas é um conjunto de tomadas de decisão que se relacionam ao dinheiro de uma empresa. Desta forma, trata-se da melhor forma de aplicar os investimentos monetários do negócio, de modo que ele possa crescer seu valor. Aqui, são compreendidos os conceitos de planejamento de finanças, gestão de ativos e passivos, faturamento, análise de gastos, índice de endividamento, entre outras coisas. Saber como fazer tudo isso é parte das hard skills de um profissional que atua nessa área. “Como assim, Tiago?”. Bom, eu explico. Dentro de qualquer atividade que você exerça, existem dois tipos de habilidade que são essenciais para executá-las: hard skills: conhecimentos específicos, técnicos e direcionados ao seu trabalho, como uma graduação, um curso em determinado assunto, experiência em algum cargo relacionado, etc; soft skills: essas são habilidades mais leves e que não estão necessariamente conectadas ao conhecimento essencial para fazer a atividade, mas são muito importantes para melhorar seu desempenho. As soft skills importantes para as finanças corporativas são:

Perfil analítico

Lembra que eu falei que uma das partes importantes das finanças corporativas era fazer análise de gastos, planejamento, gestão e etc? Isso não é possível se o profissional não tiver um perfil analítico. Essa habilidade está relacionada à capacidade de olhar para um cenário e encontrar diversas variantes daquela situação. Os dados não são apenas números, mas, sim, indicadores. Será que eles significam crescimento? Queda? Qual tipo de ação deve ser tomada? E qual efeito ela irá gerar para o futuro?

Liderança

Ser um líder significa que você tem autonomia para identificar os melhores caminhos para o negócio e guiar os seus companheiros para os melhores resultados. Mesmo que o responsável financeiro não seja o CEO da empresa, ele precisa ter um senso de liderança para mostrar à diretoria administrativa o panorama econômico e as melhores soluções para os próximos anos.

Ética

A pessoa que está à frente das finanças de uma empresa deve ser ético. Lidar com o dinheiro traz uma grande pressão, e é essencial não ceder a impulsos de fazer algo errado. Infelizmente, alguns profissionais sem essa consciência moral podem acabar cometendo algumas fraudes em nome de fazer a empresa se sair bem. Lembre-se que isso só acaba prejudicando ainda mais o negócio, ok? Gostou das dicas de soft skills para finanças corporativas? Continue lendo o blog da T2 Educação para saber mais!
Tiago Feitosa
Tiago Feitosa

Graduado em Matemática e pós graduado em negócios bancários pela FAAP. Possui as certificações CPA10, CPA20, CEA e AAI, além disso é Consultor de Valores Mobiliários credenciado na CVM. Se dedica a ajudar cada vez mais pessoas a se capacitarem profissionalmente.

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on email
guest
0 Comentários

Você também pode se interessar por

COMPARTILHE!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram