O Que é CFP® e Por Que Vale a Pena Tirá-lo

Quem quer atuar no mercado financeiro deve entender que é preciso garantir uma série de validações disponibilizadas por agências reguladoras. Isso garante que os profissionais foram testados e possuem conhecimento técnico para executar as atividades. Então, se você pretende seguir a carreira, deve saber o que é CFP® .

Além de conhecer seu significado, também é importante compreender a sua importância para a sua atuação e oportunidades de trabalho. Continue lendo este artigo que eu preparei e saiba mais sobre o assunto!

O que é CFP®?

Bom, vamos começar o que é CFP®? Essa é uma sigla para o termo em inglês Certified Financial Planner, que significa Planejador Financeiro Certificado. 

“Ok, Tiago, mas o que é isso, na prática?”. O CFP® é um certificado a nível internacional, que tem como objetivo validar a atuação de um indivíduo no planejamento financeiro.

Ele foi desenvolvido pelo Financial Planning Standards Boards (FPSB), mas, aqui no Brasil, a instituição que cuida da sua emissão é a Associação Brasileira de Planejadores Financeiros (Planejar).

Por que vale a pena tirar o CFP®?

Você viu o que é CFP® e entendeu que não é obrigatório… Então, por que vale a pena obter o seu certificado? A verdade é que existem muitas vantagens em contar com essa validação. Olha só alguns benefícios que eu separei para quem quer ser um planejador financeiro!

Mais oportunidades de trabalho

“Mas, Tiago, você não disse que o CFP® não era obrigatório? Então como vou ter mais oportunidades de trabalho com ele?”.

Funciona assim: você pode perfeitamente executar uma atividade, mas não é muito melhor ter um documento que prove que você, realmente, é apto a isso?

Por exemplo: muitas empresas pedem o domínio de um segundo idioma para contratar novos colaboradores. Nem todo mundo que é fluente possui uma certificação ou sequer fez um curso. Existem muitas formas de aprender e praticar, não é mesmo?

Porém, você tem que pensar assim: o empregador não tem como saber que o candidato de fato fala o idioma se ele não tem um certificado. Se, além disso, ele também não tem experiência que comprove esse domínio, a contratação fica só na confiança. 

Então, se aparecer uma segunda pessoa interessada na vaga que tenha um comprovante de fluência, é bem provável que a empresa vai preferir contratá-lo.

O mesmo ocorre com a certificação CFP®. Você pode, sim, entrar no mercado de trabalho sem ela. Mas não é muito melhor ter uma validação documentada de que sabe executar as atividades de planejamento financeiro?

Adequação ao Código de Ética e Responsabilidade Profissional

Quem consegue um CFP® deve, obrigatoriamente, acatar ao Código de Ética e Responsabilidade Profissional da Planejar, entidade que faz a emissão do documento.

O Código é baseado em oito princípios básicos:

  1. cliente em primeiro lugar: não colocar interesses e vantagens pessoais acima das necessidades dos clientes;
  2. integridade: não enganar os clientes ou fornecer informação falsa, agindo sempre com honestidade e boa fé;
  3. objetividade: não “enrolar” o cliente e oferecer os dados e produtos que, realmente, façam sentido para ele;
  4. imparcialidade: diz respeito à manutenção de uma relação profissional e que não levem em consideração desavenças pessoais, crenças ou preconceitos;
  5. profissionalismo: ter conduta exemplar e respeitar as diretrizes e regras do Guia de Uso das Marcas CFP®, como não emprestar dinheiro ao cliente, não pegar dinheiro emprestado e notificar a Planejar sobre informações de contato;
  6. competência: manter um nível de atuação profissional dentro do esperado e, caso perceba que tem alguma dificuldade, encaminhar o cliente a outro atuante;
  7. confidencialidade: manter sob sigilo informações pessoais e transações realizadas por cada cliente;
  8. diligência: executar as atividades profissionais com zelo e rigor, sempre documentando os acontecimentos e contatos com o cliente.

Rede de contatos internacional

Em qualquer área de atuação, o networking é essencial para conhecer novidades, profissionais que compartilham conhecimentos e até mesmo para conseguir novas oportunidades de trabalho. 

Lembra quando eu disse que o CFP® é um certificado a nível internacional? Então, ele permite que você possa atuar como voluntário de educação financeira em algum outro país que tenha a cobertura do documento, por exemplo. Legal, não é mesmo?

E, se você não quiser sair do Brasil, ainda pode usufruir de eventos, workshops e encontros disponibilizados para os profissionais certificados.

Agora que já sabe o que é CFP® e que vale a pena, conheça o curso preparatório da T2 para conseguir o seu certificado!

Tiago Feitosa
Tiago Feitosa

Graduado em Matemática e pós graduado em negócios bancários pela FAAP. Possui as certificações CPA10, CPA20, CEA e AAI, além disso é Consultor de Valores Mobiliários credenciado na CVM. Se dedica a ajudar cada vez mais pessoas a se capacitarem profissionalmente.

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
guest
0 Comentários

Você também pode se interessar por

COMPARTILHE!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram