O Que Faz um AAI e Porque se Tornar Um?

Meu nobre gafanhoto, você sabe o que faz um AAI? Se você acha que ele é só uma pessoa de terno o dia todo falando no telefone e olhando aqueles gráficos coloridos de ações no celular… Na verdade, é bem mais do que isso! O trabalho desse profissional é super importante para o mercado financeiro como um todo, e se você pretende conhecer o sistema e entender mais sobre investimento, precisa saber o que ele faz e porque alguém decide buscar essa carreira. Neste artigo eu vou te explicar um pouco sobre isso, beleza? Confira aí!

Afinal, o que faz um AAI?

Para entender o que faz um AAI, é legal, primeiro, compreender um pouco como é trabalhar em uma corretora. Isso porque o agente autônomo é uma das pontas do processo, junto aos analistas e gestores. A função principal dele é ser o ponto de contato entre os produtos e os clientes (por isso o tempo no telefone, sacou?). Ele precisa conversar o tempo todo com seus investidores e oferecer as melhores opções com foco na rentabilidade. Mas, vale apontar que não é o AAI que decide isso. Ele só oferece. Algumas das melhores opções são recomendadas pelo analista, que faz as calls de compra e venda, e cabe ao agente repassar isso ao seu cliente, que decidirá se quer ou não investir seu dinheiro daquela maneira. A ideia do agente autônomo é ajudar seu cliente SEMPRE, e criar uma relação de confiança para garantir a parceria pelo máximo de tempo possível, afinal, quando mais ele ganha, mais o AAI ganha, certo?

Por que se tornar um AAI?

Agora que você entendeu um pouco sobre o que faz um AAI e já manja mais dos paranauês da profissão, talvez esteja se perguntando por que motivo alguém decide trabalhar com isso, certo? Um dos principais é, claro, a possibilidade de trabalhar “sendo seu próprio chefe”. Afinal, um AAI — como diz o nome — é autônomo. Então, essa é uma boa oportunidade de entrar no mercado financeiro sem precisar dar satisfação para um gestor, gerente, CEO, algo assim. Sendo assim, é um pouco menos burocrático todo o processo de trabalhar como agente autônomo, sacou? Outro motivo inevitável é a alta chance de lucratividade. Isso porque se o AAI realmente manjar dos paranauês, meu nobre gafanhoto, ele pode ganhar bastante dinheiro com essa carreira! Gostou desse artigo? Quer entender mais sobre a carreira e o que faz um AAI? Aproveite para ler outros textos sobre o tema aqui no blog da T2 Educação!
Tiago Feitosa
Tiago Feitosa

Graduado em Matemática e pós graduado em negócios bancários pela FAAP. Possui as certificações CPA10, CPA20, CEA e AAI, além disso é Consultor de Valores Mobiliários credenciado na CVM. Se dedica a ajudar cada vez mais pessoas a se capacitarem profissionalmente.

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
guest
0 Comentários

Você também pode se interessar por

COMPARTILHE!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram