O Que um Agente Autônomo de Investimento Estuda?

Mesmo depois de passar na Ancord, meu nobre gafanhoto, não tem esse lance de que agora a vida é outra e você nunca mais vai precisar pegar um livro. Saber o que um agente autônomo de investimento estuda te impressionaria!

Sim, não existe crescimento sem estudo, e por isso é muito importante sempre ler e aprender sobre o mercado financeiro, as novidades dele, e claro, se quiser, fazer uma graduação, um MBA, um doutorado…

Isso sem falar nas notícias, né? Estar antenado é essencial.

Se você ainda tem dúvidas, eu trouxe neste artigo alguns detalhes sobre os estudos de um AAI. Confira!

O que um agente autônomo de investimento estuda?

Não existe carreira nesse mundo todo que não precise ou não possa ter mais estudos. Conhecimento nunca é demais!

“Ah, Tiago, mas o que um agente autônomo de investimento estuda depois da Ancord?”

Separei uns pontos para você entender. Veja:

Mudanças no mercado

Como você deve saber, meu nobre gafanhoto, o mercado financeiro não para. Vários aspectos mudam por diversas razões, e um AAI precisa estar ciente disso!

Portanto, algo que o agente autônomo precisa estudar, e com frequência, são as informações do mercado. E não só as notícias, mas também os relatórios, as relações entre os players e até mesmo as possíveis fusões entre empresas com capital aberto, por exemplo.

Técnicas de vendas e relacionamento com cliente

Um AAI não deixa de ser um “vendedor”, pois ele precisa oferecer seus produtos e aplicar a persuasão o tempo todo. Sendo assim, o que um um agente autônomo de investimento estuda se quiser melhorar suas indicações? Vendas!

E não só isso, claro. Ele precisa lidar de perto com seus clientes! Manjar dos paranauês e se relacionar bem com eles é ótimo para organizar uma carteira mais sólida e ganhar confiança.

Cursos e faculdades

Cursos e faculdades são boas opções para continuar os estudos e crescer ainda mais como agente autônomo. A própria Ancord oferece cursos tanto presenciais quanto EAD. Existem tanto os gerais — envolvendo produtos de investimento e planejamento — até alguns mais introdutórios.

No caso das graduações e pós-graduações, apostar em um MBA mais direcionado a áreas de clientes alta renda, ou até gestão, pode ser uma boa ideia.

Entendeu o que um agente autônomo de investimento estuda? É, meu nobre gafanhoto, a vida não para não!

Para mais artigos sobre a carreira, confira o blog da T2 Educação!

0

Compartilhar este post:

Deixe o seu comentário!!