Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Política Monetária Contracionista — Saiba Como Ela Funciona

Quem estuda finanças ou economia, certamente, já ouviu falar da política monetária contracionista. Mas será que você entende mesmo o que significa esse termo? Posso te adiantar que ela consiste em uma estratégia para conter a inflação. Porém, ela exige atenção. Vamos conhecer essa política mais a fundo? Então, pegue um café e continue a leitura!

O que é a política monetária contracionista?

Como eu já te falei, a política monetária contracionista serve para diminuir o avanço da inflação. Afinal, o aumento dos preços — sem que haja uma valorização da renda — compromete toda a sociedade. Na prática, essa política representa um conjunto de medidas tomadas pelo Banco Central. Veja só quais são as principais:

Open Market

Já falei aqui todos os aspectos principais sobre open market. Se ainda não leu, faça isso agora mesmo. De forma resumida, o open market representa a atuação do Banco Central na compra e venda de títulos. Quando o Bacen vende os títulos públicos, ele enxuga a liquidez e, consequentemente, diminui a inflação. Isso ocorre porque, ao colocar mais títulos no mercado, ele está retirando moeda de circulação. Ficou claro?

Depósito compulsório

O depósito compulsório representa um saldo que garante que nem todos os recursos dos bancos serão disponibilizados como empréstimo. Para isso, o Bacen eleva a taxa exigida, fazendo com que as instituições tenham menos montante para emprestar ao público. Dessa forma, a economia é reduzida, assim como a inflação.

Redesconto

No redesconto, o Banco Central empresta dinheiro aos bancos comerciais — que ficaram com falta de recursos. Porém, por ter caráter punitivo, são cobradas altas taxas. Por causa do redesconto, as instituições financeiras se dispõem menos a correrem riscos. Ou seja, elas deixam de emprestar tanto os créditos disponíveis — o que faria a inflação aumentar — para evitar a cobrança do Bacen.

Política contracionista x política expansionista

A política expansionista é o contrário da contracionista. Nesse caso, o objetivo é fazer a economia e o consumo crescerem. Para isso, o Banco Central diminui as taxas de juros e aumenta a oferta de moedas no país. A política expansionista tem como desvantagem deixar a economia sujeita à inflação, já que a demanda irá aumentar. Já a contracionista tem efeito contrário, ou seja, pode diminuir a demanda. Por isso, as duas estratégias devem ser muito bem pensadas, e feitas para um tempo determinado. Quer saber mais? Leia mais sobre políticas monetárias aqui!
Tiago Feitosa
Tiago Feitosa

Graduado em Matemática e pós graduado em negócios bancários pela FAAP. Possui as certificações CPA10, CPA20, CEA e AAI, além disso é Consultor de Valores Mobiliários credenciado na CVM. Se dedica a ajudar cada vez mais pessoas a se capacitarem profissionalmente.

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Você também pode se interessar por

Acesso Rápido
entenda o que é o ipca acumulado

IPCA Acumulado: O Que É E Como Ele Influencia O Mercado

Se você é uma pessoa antenada nas notícias, provavelmente, já ouviu falar do IPCA acumulado, né? De vez em quando, esse termo aparece nos noticiários, como um dos indicadores mais importantes do país.  Mas, afinal, do que se trata esse tal de IPCA? Será que ele influencia na minha e na sua vida? Tenho certeza…

Ler mais