Qual a certificação certa pra você?

A dúvida do milênio. A questão fundamental dos bancários. Qual a certificação certa para você, iniciante (ou nem tanto) no mercado financeiro?

Neste post procurarei explicar um pouco mais a nossa visão sobre as fases da carreira de um bancário. Sobre o que a CPA 10 ou a CPA 20 pode significar no seu trabalho. Vamos lá?

As diferenças entre CPA 10 e CPA 20

Já escrevi posts aqui no blog para falar de CPA 10 e CPA 20. Também preparamos um infográfico pra você entender melhor:

cpa 10 ou cpa 20
Um resumo das diferenças entre as certificações.

O que você precisa saber sobre as duas certificações é que uma é consequência da outra, mas não sempre. A CPA 10 é considerada a certificação básica da ANBIMA, enquanto a CPA 20 é a “evolução” da primeira. Ela é mais completa, disputada. Quem tem CPA 20 mexerá com quantias maiores de dinheiro (e, consequentemente, terá mais responsabilidades e respaldo no trabalho).

Hoje, é correto dizer que a CPA 10 é uma obrigação no mercado financeiro. Muitas vezes você só conseguirá ser chamado para uma entrevista se já tiver a certificação básica. Porém, se você estiver começando a não tiver pressão alguma para passar na prova, aconselho tentar a CPA 20 de cara.

Deixa eu explicar melhor.

A CPA 10 na sua carreira

Como dito acima, a Certificação Profissional ANBIMA – Série 10 é a mais básica de todas.

Se você ainda não tem experiência no mercado e quer aprender do jeito mais tranquilo, comece estudando para a CPA 10. Ela é a porta de entrada para os cargos mais simples de uma instituição financeira.

Se você já trabalha no mercado financeiro e não possui nenhuma certificação, é bom tirar a CPA 10 antes que surja alguma pressão no trabalho. Estude para a prova com calma, no seu tempo. Tirar a certificação da CPA 10 te dará confiança e tranquilidade para pular para a CPA 20.

Falando na certificação CPA 20…

Sabe quantas pessoas possuem a CPA 10? E quantas possuem a CPA 20? É bom ficar ligado nisso, porque mostra como cada certificação vai aumentando a concorrência na hora de conseguir um emprego ou promoção.

Até dezembro de 2017, 370.378 pessoas tiraram a CPA 10. Em contrapartida, a CPA 20 foi conquistada por um número menor: 110.829 profissionais. Isso sinaliza duas coisas:

  1. A prova da CPA 20 é mais difícil e menos pessoas conseguem tirar a certificação.
  2. Se você tirar a CPA 20, terá mais um diferencial no seu currículo.

A prova da CPA 20 é mais puxada. Tem aproximadamente 40% a mais de conteúdo. Ou seja, é bom estudar com afinco e sem pressão para tirar sua certificação. Em qualquer prova ou teste, na verdade. O mais importante é estudar com responsabilidade.

É possível ir direto pra CPA 20?

Sim, isso é possível, e até recomendado em alguns casos.

Se você está sofrendo pressão da sua chefe pra manter o emprego, é bom estudar para manter sua vaga, certo? Porém, nesse caso, é melhor estudar para a CPA 10. Pergunte para a sua chefe se isso é possível, porque depois você estuda com mais calma para a CPA 20. Desse jeito, os estudos fluem melhor.

Mas se você só quer melhorar o seu currículo ( tem tempo para estudar sem pressão), vá direto pra CPA 20. Cedo ou tarde você vai precisar.

Não esqueça da CEA!

A Certificação de Especialista em Investimentos ANBIMA foi criada para tornar o profissional certificado um especialista em investimentos. Com ela, você pode exercer todas as funções dos profissionais que possuem CPA 10 e CPA 20.

A CEA é a certificação com menor número de profissionais dentre as três: apenas 3.479 pessoas tinham passado na prova até dezembro de 2017. Isso significa que você deve pular etapas e tentar direto a CEA, sem possuir as outras?

Não, não recomendamos isso. Por mais que ela seja a certificação mais “valiosa”, por possuir menos profissionais certificados, ela pode te marcar negativamente. Se você não tem experiência alguma no mercado e consegue uma certificação dessa. será cobrado como alguém que já trabalha há anos em bancos ou instituições financeiras. Percebeu a bobeira que é fazer isso?

Concluindo

Se você quer entrar no mercado de trabalho, busque as certificações da CPA 10 ou CPA 20.

Estude para a 10 se houver alguma exigência no trabalho, pois a chance de passar na prova sob pressão é maior do que se você tentar a CPA 20. Porém, se estiver com tempo e não houver pressão, pule direto para a 20.

Depois de conseguir uma certa experiência no trabalho, utilizando tudo o que aprendeu na CPA 10 e CPA 20, busque tirar a certificação CEA. Não espere o seu chefe pedir, vá e busque esse diferencial por você mesmo.

 

 

Espero ter ajudado nessa jornada que é se destacar no mercado financeiro. Se como estudar, você já sabe: estamos aqui para te ajudar!


Conheça nossos cursos completos aqui.

Sua certificação te espera!

 

0

Compartilhar este post:

Deixe o seu comentário!

BLACK WEEK