“Trabalhar em banco é bom”, pelos alunos da T2

Trabalhar em banco é bom, sim.

E não sou eu que tô falando. São os alunos aqui da escola.

Pegamos os comentários de alguns alunos para criar este texto, e quem sabe te ajudar na decisão de tentar a vida no mercado financeiro.

Vamos aos motivos que mostram que trabalhar no banco é bom!

O salário é bem (ou muito) razoável

Não vou dizer que você vai ficar rico atuando no banco. Mas que o salário chama atenção, chama mesmo.

Sabe, quase metade dos brasileiros ganha menos do que um salário mínimo. A média do país, por outro lado, é puxada para cima por causa de 1% da população que ganha em média R$ 27 mil por mês.

Assim, temos uma média brasileira de R$ 2.100. 

E no banco?, você me pergunta. Bom, o salário médio nos bancos é de pouco mais de 5 mil reais. Sendo que um estagiário, em algumas instituições, pode ganhar 2 mil reais por mês. Isso mesmo, um estagiário do banco ganha o mesmo que a média do brasileiro.

Um bom retorno financeiro, certo?

A felicidade de quem recebe o salário é impagável.

Ótimo horário de trabalho 

A jornada de trabalho no banco obedece 6 horas diárias (30 horas semanais). E isso é muito bom para quem gosta de aproveitar mais o tempo livre.

Nossos alunos destacam, porém, o intervalo de 15 minutos para almoço. Isso irrita um pouco, claro, mas saber que você vai chegar mais cedo em casa é uma boa recompensa. Qual emprego, hoje em dia, tem apenas seis horas de trabalho por dia?

E se você precisar ficar uma horinha a mais, o banco paga hora-extra. Ou seja, a sua correria sempre vai ser remunerada.

Reconhecimento no dia a dia

Fiquei na dúvida se colocava este tópico aqui.

Cheguei a conversar com um aluno que reclamou, tristemente, não ter reconhecimento na agência em que trabalha. Então devo dizer que ser reconhecido depende muito da gerência do banco, de quem lidera a equipe.

Sendo assim, quando há reconhecimento pelos esforços e qualidade na atuação, este é um ótimo motivo para achar que trabalhar no banco é bom. Nós precisamos de incentivo para manter o bom nível de atuação, e muitas agências têm isso no papel de gerente. 

Portanto, se você trabalha em um banco e recebe muitos feedbacks, agradeça. O reconhecimento no dia a dia é primordial para continuarmos a gostar do que fazemos.

TRABALHO EM EQUIPE E RECONHECIMENTO, GALERA

Os benefícios e a PL

Se você já trabalhou em alguma empresa que oferece benefícios para os funcionários, saiba que o banco é talvez um dos melhores lugares neste sentido.

Para citar apenas as coisas que aparecem em todos os bancos, temos vale alimentação, vale transporte, seguro de vida, plano de saúde e previdência privada como os benefícios preferidos dos bancários. Isso se não contarmos com as vantagens do próprio banco, como os produtos e serviços exclusivos aos funcionários.

Tudo isso fica ainda melhor quando chega a hora da Participação dos Lucros. A famosa PL traz aquele retorno financeiro a mais quando as metas são atingidas, e é comemorada por muita gente. Quem sabe você não esteja comemorando uma PL em breve!

As pessoas são incríveis

É unanimidade entre os nossos alunos: o ambiente de trabalho é muito bom nos bancos.

Embora esteja cercado por pressão e responsabilidade (o que é normal e um emprego que mexe com tanto dinheiro, com tantos prazos), o ambiente no banco proporciona amizades e conexões acima da média. Pois é um trabalho que precisa, mais do que tudo, da sintonia entre os funcionários.

Não adiante ser colega de trabalho se no final você foi egoísta e jogou tudo nas costas do amiguinho, né? As metas só são atingidas se as pessoas trabalham unidas.

E trabalhar com pessoas incríveis é melhor ainda.

Trabalhar em banco é bom para formar super-amigos.

Você ainda tem dúvida se trabalhar no banco é bom?

A gente busca sempre ajudar nossos alunos a conhecerem melhor o mercado financeiro. Tanto aqui no blog, quanto nos nossos cursos preparatórios para a ANBIMA.

Se você já trabalho no banco e está lendo este texto, deixe um comentário com as suas impressões sobre a vida de um bancário! Tenho certeza de que os outros leitores vão adorar.  😉

Grande abraço!

0 0 vote
Article Rating
0
Tiago Feitosa

Tiago Feitosa

Graduado em Matemática, pós graduado em negócios bancários pela FAAP e pós graduando em Escola Austríaca de Economia. Possui certificação CEA e AAI. Se dedica a ajudar cada vez mais pessoas a se capacitarem profissionalmente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook

Deixe um Comentário:

guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rafael
Rafael
1 ano atrás

Estou fazendo a CEA com objetivo de trabalhar no banco !! espero passar de primeira e conseguir um emprego.

0
Ruy Galvão
Ruy Galvão
1 ano atrás
Reply to  Rafael

E nós estaremos torcendo por você, Rafael! Se precisar de ajuda, conta com a gente

0
Guilherme Martinez
Guilherme Martinez
1 ano atrás

Sou funcionário a 3 anos e meio de um banco, e realmente é algo muito bom. Cada dia é uma nova guerra! Um novo desafio! E sempre uma incógnita. Não se pede trabalhar como um robô, pra a cada cliente você tem que se desdobrar de uma maneira diferente! São muitos, todos com sua particularidade, o que torna prazeroso pois, mesmo sem tempo adequado de atendimento devido a busca por resultados, podemos conhecer muitas histórias diferentes!
Resumiria em uma guerra com comédia a vida de um bancário!!!

0
Ruy Galvão
Ruy Galvão
1 ano atrás

Seu comentário resume bem o sentimento dos bancários, Guilherme! Os desafios podem ser difíceis, mas se fosse fácil, não seria um desafio. Né? hahahaha. Trabalhar como HUMANO e que se importa é o mais importante. Muito obrigado pelas palavras!

0

Você também pode se interessar por: