VPL — Saiba Como Calcular O Valor Presente Líquido E Entendê-lo

Fala, pessoal. Beleza? Vocês já devem ter percebido que no mercado de investimentos existem várias siglas importantes, né? Uma delas é o VPL (Valor Presente Líquido). Quer entender do que se trata e como calculá-lo? Então, se liga neste conteúdo que eu preparei!

O que é Valor Presente Líquido?

O VPL é uma métrica relacionada com a viabilidade de projetos de investimento. Na prática, isso é feito trazendo uma projeção para o momento atual. Funciona assim: imagina que você invista R$ 100 e deseje um retorno mínimo, ou melhor, uma TMA (Taxa Mínima de Atratividade) de 10%. Nesse caso, os R$100 vão virar R$ 110. Porém, você encontra um investimento que pode chegar a R$ 115, portanto, 15%. Nessa situação, o VPL é a diferença entre os 15% e os 10%, o que dá 5%.

Qual é a fórmula do VPL?

Entender o VPL até é simples, mas o cálculo pode envolver algumas variáveis que podem confundir. Veja o passo a passo:
  • defina o fluxo de caixa;
  • calcule a TMA;
  • descubra o valor de cada fluxo;
  • some os valores
  • obtenha o VPL.
A fórmula ficaria assim:   Em que: FC: fluxo de caixa t: tempo do caixa i: TMA n: período de tempo

O que é possível concluir a partir do VPL?

Interpretar o VPL é mais simples do que parece. Se o resultado der um número negativo, significa que as despesas serão maiores que a receita e, portanto, o investimento é inviável. Por outro lado, um número positivo pode indicar um bom índice de rentabilidade. Já se o cálculo for igual a zero, então, as despesas e retorno são os mesmos, o que indica um investimento neutro.

Como entender o valor presente líquido na prática?

Chegou até aqui e ainda está achando confuso? Relaxa que agora você vai entender de vez o que é esse tal de VPL. Como visto, ele se refere a um cálculo para entender valores números na data atual. Lembre-se que o dinheiro muda de valor ao longo do tempo. Ou seja, R$ 50 de hoje não são os mesmos R$ 50 de 10 anos atrás. Pense em quantos chicletes você poderia comprar antes e quantos pode agora. Percebe a diferença? Agora vamos ao que interessa. Sabendo disso, imagine que você tem uma empresa e duas ideias de projeto:
  • investir R$ 100 mil e ter R$ 90 mil de caixa por dois anos;
  • investir R$ 100 mil e ter R$ 70 mil de caixa por três anos.
Nos dois casos, a TMA é de 10%. Então, como saber, no valor atual, qual é o mais vantajoso? Parece ser o primeiro, pois 90 é maior que 70, mas será mesmo? O fator tempo pode mudar tudo! Se você fizer o cálculo de VPL, vai descobrir dois valores: R$ 56 mil para o primeiro e R$ 74 para o segundo. Isso significa que o 2º projeto é mais vantajoso em questão de dinheiro. Porém, ele demora mais para gerar o caixa. Em uma situação assim, o investidor pode decidir o que quer: um retorno mais rápido ou maior. Agora vamos entender como o VPL é aplicado nos investimentos?

Como o VPL é usado para avaliar ações?

Já entendemos como funciona o VPL no segmento empresarial, agora vamos analisar como a métrica pode ser usada para a escolha de investimentos, ok? Imagine que um investidor aplique R$ 100 e queira receber R$ 10 em um ano, portanto, uma Taxa Mínima de Atratividade (TMA) de 10%. Caso o retorno seja de 15%, então, 5% a mais do que o esperado — com o desconto do valor presente, isso representa R$ 4,35. Agora sabia que o VPL também tem relação com o preço justo de uma ação? Caso o VPL esteja maior que zero, então, o ativo está com preço atraente, ou seja, está sendo vendido por um valor menor do que vale. Porém, o VPL negativo indica o oposto, isso é, a ação está sendo negociada acima do preço intrínseco. Quer entender mais sobre as métricas relacionadas com investimentos? Então, veja outros conteúdos da T2 Educação!
Tiago Feitosa
Tiago Feitosa

Graduado em Matemática e pós graduado em negócios bancários pela FAAP. Possui as certificações CPA10, CPA20, CEA e AAI, além disso é Consultor de Valores Mobiliários credenciado na CVM. Se dedica a ajudar cada vez mais pessoas a se capacitarem profissionalmente.

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
guest
0 Comentários

Você também pode se interessar por

COMPARTILHE!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram