Mercado Financeiro — 3 Detalhes Que Não Querem Que Você Saiba!

O mercado financeiro é cheio de particularidades, e para dominá-lo você precisa conhecer até as mais “secretas”!

Para quem está começando agora a entender sobre finanças, o mercado pode parecer realmente um bicho de sete cabeças, mas não é. O problema é que tem muitos detalhes que simplesmente não são falados.

Como eu, Tiago, também comecei assim e sei que não é exatamente tranquilo entender tudo isso, vou te ajudar!

Para isso, selecionei alguns dos pontos mais importantes e coloquei neste artigo!

1. O mercado financeiro não é só para milionários

Quando você pensa em “investimento” o que vem na mente?

Um senhor, lá pelos 40 ou 50 anos, em um barco, com as pernas cruzadas e um charuto entre os dedos? É…é isso que muitas pessoas acham sobre o mercado financeiro.

Entretanto, se eu te dissesse que você não precisa ser milionário para investir, você acreditaria? E é verdade!

É claro que quanto mais dinheiro você puder investir em ativos variados, mais chance de ter lucro. Porém, não precisa começar já colocando um milhão na conta!

Você pode, sim, começar investindo pouco, até para aprender como funciona a loucura toda, e depois aumentar seus aportes. Ninguém vai te julgar por isso, ok?

2. As taxas podem comer seu rendimento

Todo investimento, para ser mantido, precisa do pagamento de certas taxas. Elas são diferentes no caso de bancos e corretoras, mas sempre estarão lá.

Achou que era de graça, nobre gafanhoto? Não é!

O que ninguém te conta é que, ainda que pareçam baixas, as taxas presentes nas operações do mercado financeiro podem, sim, afetar gravemente os seus rendimentos.

Vale a pena sempre fazer um estudo claro e minucioso dos investimentos, com alguma ideia de rendimentos futuros e aportes possíveis, para não ficar mexendo em seus fundos toda hora e, consequentemente, pagando as taxas.

Dessa maneira, você terá menos problemas e poderá aproveitar melhor todos os resultados.

Ah sim, e não se esqueça de dar atenção às alíquotas do Imposto de Renda!

3. Resgates podem demorar

Se você já conhece um pouco do mercado financeiro, sabe que não é bem um esquema de “investiu hoje, recebe amanhã”, certo? Existem fundos, como a previdência privada, para os quais os aportes podem durar mais de dez anos até o resgate!

Porém, nem sempre isso é fácil de entender só vendo o que as corretoras ou os bancos falam a respeito, e muitas pessoas pensam que podem investir agora e tirar quando quiserem.

Existe um conceito chamado liquidez, bem familiar para quem já entende do mercado.

A liquidez é, de fato, o quão fácil ou rápido é transformar o seu investimento ou qualquer ativo, como ações ou imóveis em dinheiro.

A sua ideia é investir agora para comprar um apartamento ou um carro daqui cinco ou seis anos? Não precisa se preocupar tanto com a liquidez.

Agora, se você quer algo para daqui três ou quatro meses, esse deve ser um dos pontos que você precisa levar em conta, entendeu?

Gostou? Aproveite para ver nossas sugestões de livros para entender melhor o assunto e acompanhe os outros artigos no blog da T2 Educação!

0

Compartilhar este post:

Deixe o seu comentário!