Conheça as Novas Certificações da ANBIMA: CFG e CGE

ANBIMA anuncia uma mudança importante na prova da CGA com a criação de duas novas certificações, a CFG e CGE.

Você provavelmente deve ter se deparado pela internet com uma notícia como essa.

Caso você esteja se preparando ou até mesmo já iniciou as etapas para conseguir a certificação CGA, deve estar cheio de dúvidas, não é mesmo?

Até mesmo se você estiver se preparando ou tirando as certificações CPA10, CPA20 ou CEA, gostaria de saber quais são essas mudanças e se elas irão te impactar?

Pois bem, a novidade para 2021 por parte da ANBIMA é a criação de duas novas certificações, a CFG (Certificação ANBIMA de Fundamentos em Gestão) e a CGE (Certificação de Gestores ANBIMA para Fundos Estruturados).

Essas certificações foram criadas para os profissionais com o objetivo de atuar no segmento de gestão.

Mas fique tranquilo, no final deste artigo você saberá todas as mudanças que irão acontecer e estará preparado para continuar trilhando o seu caminho para o sucesso profissional.

Vamos começar?

Continue lendo esse artigo para saber mais sobre:

  • Como Funciona a Estrutura de Provas da ANBIMA;
  • Antes da Mudança;
  • Depois da Mudança;
  • Como Ficam as Certificações de Quem Já Possui a CGA Antes da Mudança?;
  • Quais os Pontos Positivos da Mudança?.

 

Como Funciona a Estrutura de Provas da ANBIMA 

provas anbima

No dia a dia, é normal recebermos perguntas como essa em relação às certificações:

“Estou pensando em começar pela CPA 10 depois vou tirar a CPA 20, depois vou pra CEA e depois vou tirar a CGA.”

Mas calma, vou deixar claro de uma vez por todas o motivo disso não fazer sentido.

Para facilitar o entendimento, é necessário entender a estrutura de provas da ANBIMA, vamos lá?

 

Distribuição de Produtos de Investimentos 

Dentro da estrutura de provas da ANBIMA, nós temos as certificações que te preparam para realizar a Distribuição de Produtos de Investimentos.

Em outras palavras, você estará em contato com o público investidor falando e distribuindo os produtos de investimentos.

As certificações necessárias para realizar essa distribuição são:

  • CPA 10

A CPA-10 é exigida para trabalhar com a prospecção e a venda de produtos de investimento diretamente para o público em geral, em agências bancárias ou plataformas de atendimento.

  • CPA 20

A CPA 20 foi criada para certificar os profissionais que atuam na venda de produtos de investimento ou na manutenção de carteiras nos segmentos: varejo alta renda, private banking, corporate e investidores institucionais ou plataformas de atendimento.

  • CEA

O CEA (Certificação de Especialista de Investimento ANBIMA), é um certificado que torna o profissional capacitado a ser um especialista em investimentos, podendo assessorar os gerentes de contas de investidores de pessoas físicas, podendo indicar produtos de investimento.

Portanto …

Para trabalhar com a distribuição de produtos de investimentos, você terá que ter pelo menos uma das 3 certificações que foram citadas.

Importante lembrar, cada uma possui suas peculiaridades, logo, é fundamental que você pesquise bem antes de tomar a decisão de qual certificação você vai tirar.

Para isso, eu realizei um artigo completo sobre todas as certificações financeiras da ANBIMA, nele você consegue entender tudo sobre as provas e escolher qual se encaixa melhor com a sua realidade, clique aqui para acessar. 

Agora vamos falar da outra parte da estrutura da ANBIMA, a Gestão.

 

Gestão de Recursos de Terceiros 

Dentro das divisões da ANBIMA, você pode decidir trabalhar na parte de Gestão de Recursos de Terceiros, ou seja, como um gestor de fundos de investimentos.

Até o momento, só existe uma única certificação pela ANBIMA que te possibilita realizar esse tipo de atividade, é ela:

  • CGA

A CGA é, com certeza, a certificação mais difícil da ANBIMA. Voltada para quem quer gerir fundo de investimento.

Para quem quer fazer compra e venda de ativos investidos em fundos e cuidar do dinheiro de quem investe, a CGA é obrigatória.

Para termos uma noção, mesmo a prova da CGA sendo mais complexa, você não pode exercer as atividades de uma CPA 10.

Portanto, precisamos saber diferenciar as certificações com os seus objetivos, vou deixar uma imagem para facilitar o entendimento:

profissão mercado financeiro

E aqui tem um ponto MUITO IMPORTANTE para entender …

As mudanças que vou citar daqui pra frente, estarão relacionadas apenas para a parte de Gestão de Recurso de Terceiros.

Logo, as certificações CPA 10, CPA 20 e CEA, não sofrerão nenhum tipo de alteração, ok?

Antes de falar das mudanças que estão por vir na parte de Gestão de Recursos de Terceiros e consequentemente na CGA, vamos entender como é realizado até agora.

Continue comigo

 

Antes da Mudança 

estudos prova anbima

Existia um pensamento que rondava pela área da certificação CGA, pela sua fama de ser a certificação mais difícil da ANBIMA.

E essa fama tem fundamentos, vamos avaliar.

 

Prova CGA 

Uma particularidade que a CGA possuía era a forma como seus exames eram aplicados.

A prova era dividida em 2 módulos, sendo possível realizar no mesmo dia ou em datas diferentes, a única condição era respeitar o prazo limite de 36 meses para a realização dos dois módulos.

Portanto, caso o seu objetivo seja trabalhar como gestor de um fundo de investimento realizando a compra e venda de ativos e cuidando do dinheiro dos clientes desse fundo, você teria que se preparar para duas provas com conteúdos que vão desde economia básica até gestão de carteiras.

prova cga

Mas como citamos, após avaliação da ANBIMA, a certificação que te permite exercer a função de gestor mudou.

E um dos pontos que mais chamam atenção nessas alterações é a criação de duas novas certificações, a CFG e a CGE.

Continue lendo para saber mais.

 

Depois da Mudança 

provas certificações

Essa é uma novidade que você, com certeza, está doido para entender.

Após estudos realizado pela ANBIMA em relação a demanda nas provas de certificação na área de Gestão de Recursos de Terceiros, foi decidido realizar algumas mudanças no seu sistema.

Dentro dessas alterações, existiu a criação de duas novas certificações a CFG (Certificação ANBIMA de Fundamentos em Gestão) e a CGE (Certificação de Gestores ANBIMA para Fundos Estruturados).

Quem tiver o objetivo de atuar no segmento de GESTÃO, deverá entender a seguinte divisão:

A primeira certificação necessária, considerada como pré-requisito, será a:  

CFG, destinada ao profissional que deseja iniciar na área de gestão profissional de recurso de terceiros; 

Após isso, será possível escolher entre as certificações:

CGA, destinada a gestão profissional de fundos de renda fixa, ações, cambiais e multimercados; 

ou … 

CGE, destinada a gestão profissional de fundos como FIP, FIDC e FII.

Portanto, caso você queira ser um Gestor de Recursos de Terceiro, a partir de março/2021 deverá conhecer essa divisão:

qual certificação escolher

Importante lembrar que, caso você já tenha passado no exame da CFG e queira tirar as duas outras certificações, CGA e CGE, isso é totalmente possível!

Bem simples, não é mesmo?

Mas em relação às certificações da CGA que foram tiradas antes da mudança, como vão ficar?

 

Como ficam as certificações de quem já possui a CGA antes da mudança? 

certificados

Um ponto de alívio para quem possuir a CGA antes da mudança em março/2021

Não será necessário realizar outra prova para conseguir as outras duas certificações.

Digo isso pois, a sua certificação CGA tirada antes da alteração da ANBIMA, será automaticamente transformada nas 3, CFG, CGA e CGE.

Essa transformação acontecerá a partir de julho/2021.

Portanto fica a dica, seria interessante, caso você já tenha a intenção de atuar como gestor, de tirar a certificação CGA antes da mudança, pois dessa forma você ganhará automaticamente as outras duas certificações.

Mas fique atento…

Se programe para finalizar os dois módulos da prova antes de julho/2021, caso o contrário você poderá perder todo o progresso.

Para facilitar a visualização, a ANBIMA disponibilizou um calendário de transição, acompanhe:

anbima
Elaboração: ANBIMA.

Agora que sabemos das mudanças, vamos olhar os pontos positivos dessas alterações.

 

Quais os pontos positivos da mudança?

cga mudou

Com a minha vivência dentro do mercado financeiro, é incrível ver como todo o processo tem evoluído e se adequado na realidade da sociedade.

Para mim, as alterações realizada pela ANBIMA foi um salto que possibilitará a inclusão de mais profissionais dentro do segmento de Gestão.

Os 2 pontos mais interessantes que posso ressaltar são:

 

  • Aproximar o Trabalho de Gestão das Outras Atividades

O trabalho de gestão foi aproximado das outras atividades no mercado financeiro, vou explicar:

Quando uma pessoa que atua como Especialista em Investimento com a certificação CEA, por exemplo, decide mudar de área e atuar na Gestão de Recursos de Terceiros com a CGA o salto profissional era muito longe.

como tirar cga

Mas agora, a nova certificação CFG conseguiu criar uma ponte, para que o salto do profissional que atua no segmento de Distribuição não seja tão longo para atuar no segmento de Gestão. 

tirar cga

Dessa maneira, após você tirar a CFG, você já pode se candidatar a vagas em gestoras, asset, etc.

Depois de um período de experiência, você poderá escolher entre as certificações CGA ou CGE.

 

  • As provas ficaram menores.

Como vimos neste artigo, antes da mudança programada pela ANBIMA, a prova da CGA era dividida em dois módulos, sendo que, cada módulo tinha 70 questões.

Isso dava a fama da CGA ser uma das provas mais difíceis da ANBIMA. 

Agora, com a mudança, as provas foram reestruturadas da seguinte maneira: 

certificações
Elaboração: ANBIMA.

 

Conclusão 

O nosso sistema financeiro continua mudando!

Cada vez mais, o mercado realiza melhorias nos seus processos para conseguir encontrar profissionais capacitados.

Se você possui o objetivo de realizar a gestão de recursos de terceiro, com a criação das certificações CFG e CGE ficou muito mais possível de alcançar!

Se você leu o artigo completo, já sabe todos os pontos que deve prestar atenção nas alterações propostas pela ANBIMA.

Mas não vamos parar por aqui.

Gostaria de tirar dúvidas ou deixar dicas e sugestões?

Então poste nos comentários abaixo, será um prazer falar com você.

 

5 1 vote
Article Rating
1+
Tiago Feitosa

Tiago Feitosa

Graduado em Matemática, pós graduado em negócios bancários pela FAAP e pós graduando em Escola Austríaca de Economia. Possui certificação CEA e AAI. Se dedica a ajudar cada vez mais pessoas a se capacitarem profissionalmente.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook

Deixe um Comentário:

guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Thiago Novelli
Thiago Novelli
1 mês atrás

Teria indicação de material para estudo para a certificação CFG?

0
Nicolas Martins
Admin
Nicolas Martins
1 mês atrás
Reply to  Thiago Novelli

Fala Thiago, tudo certo?

Como todo o conteúdo disponibilizado pela ANBIMA ainda é algo muito inicial, não temos conteúdos para estudo no momento, mas fique antenado com a gente que já já te atualizamos sobre isso, fechou?

0

Você também pode se interessar por: