Objetivo Profissional — 5 Dicas Para se Inspirar e Colocar no Currículo

O objetivo profissional é um dos detalhes do currículo que mais gera dúvidas, não é mesmo? Normalmente a gente coloca todos os dados, vê que está certo e se pergunta “precisa mesmo ter esse objetivo?” Se esse é o seu caso, nobre gafanhoto, saiba que o objetivo para currículo é importante, sim! “Mas, Tiago, eu não faço ideia do que colocar lá?”. É normal, afinal, “objetivo” é uma palavra que pode ter muitos significados. Por isso, eu resolvi fazer este artigo com algumas dicas para você mandar bem na hora de fazer seu CV!

O que é o objetivo profissional?

Para começar a montar um currículo para banco ou qualquer outro ramo, é importante entender o que é esse tal de objetivo profissional, porque ele engana! Quando você vê, logo pensa que o melhor é colocar lá o que você pretende fazer na empresa, né? Aí você vai lá, escreve “permitir que meus clientes possam aproveitar as melhores opções de produtos por meio de minhas indicações” e envia o currículo. O que você escreveu não foi um objetivo profissional, e o recrutador pode ficar até um pouco perdido com isso quando receber seu documento! No campo de objetivo profissional, você precisa, em duas a quatro linhas, mostrar que você manja dos paranauês e o que espera dessa vaga que está buscando. Esse sim é o seu objetivo, entendeu? Pense nos últimos 100 currículos que você disparou. Você mudou o objetivo para cada um? Não? Pois é… Mas, não se desespere e enxugue essas lágrimas, nobre gafanhoto. Eu sei que é complicado. Por isso, eu separei alguns exemplos pra te ajudar a fazer o seu. A ideia é ser bem resumida e claro:
  1. “atuar no mercado financeiro, buscando ampliar meus conhecimentos e me desenvolver pessoal e profissionalmente”;
  2. “estou em busca de desafios que me permitam uma entrada no mercado de trabalho com grande desenvolvimento e foco na geração de resultados”;
  3. “desejo trabalhar neste cargo, pois acredito que minha qualificação no mercado financeiro e minhas certificações me permitirão contribuir para o crescimento dos clientes da empresa”;
  4. “essa vaga se encaixa totalmente no que procuro em meu atual momento profissional. Espero que minha experiência possa me fazer crescer junto com a empresa, aproveitando ao máximo a oportunidade;
  5. “crescer profissionalmente, exercendo o meu trabalho com total excelência e oferecendo, por meio de minha experiência no mercado, um serviço de máxima qualidade com altas possibilidades de resultados positivos”.
Já sabe agora o que colocar no objetivo do currículo? Tem a ver com o que você espera da empresa, no sentido do seu crescimento e da sua carreira. Como você viu, é possível até demonstrar que ainda não tem muita experiência, mas que você tem disposição para a aprender. O importante é que essa parte seja objetiva e não uma encheção de linguiça. Ok? Esses são só alguns exemplos, e tudo dependerá, é claro, do que você deseja alcançar com o envio de seu currículo. Para mais artigos confira o blog da T2 Educação!
Tiago Feitosa
Tiago Feitosa

Graduado em Matemática e pós graduado em negócios bancários pela FAAP. Possui as certificações CPA10, CPA20, CEA e AAI, além disso é Consultor de Valores Mobiliários credenciado na CVM. Se dedica a ajudar cada vez mais pessoas a se capacitarem profissionalmente.

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
guest
0 Comentários

Você também pode se interessar por

COMPARTILHE!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram